português
Duto é uma plataforma independente que se propõe a impulsionar forças transformadoras na arquitetura através de exposições experimentais que acontecem entre uma plataforma online e eventos itinerantes.

Com o objetivo de dar espaço e promover o encontro entre arquitetos, artistas e outros profissionais para além das instituições e da academia, duto deseja contribuir para a ampliação do debate, estimulando a noção de arquitetura como um campo de amplo espectro que alcança e envolve indivíduos de práticas variadas. A plataforma pretende encorajar uma discussão interdisciplinar que amplie o entendimento da produção arquitetônica como não somente algo que diz respeito aos arquitetos.

Tem como intuito fomentar novas discussões; iluminar preocupações; desafiar os padrões de representação; contribuir na formação de novas narrativas; estabelecer conexões entre áreas distintas. Deseja, essencialmente, convergir informações de diferentes partes para um local referencial, de modo que conteúdos existentes e/ou inéditos possam ser encontrados e construídos coletivamente através de em um sistema coeso.

A ideia de criar um espaço de discussão para a arquitetura não é nova e duto surge da descoberta de uma rede internacional diversificada que vem se expandindo desde a década de 1970, mas que ainda não conta com uma representação brasileira. Seja inserindo a arquitetura no campo expandido das artes, analisando a disciplina a partir de suas intersecções com problemas sociais ou articulando conhecimento dentro de uma rede colaborativa, a iniciativa dá um primeiro passo no sentido de preencher essa lacuna.

Sua existência ganha relevância a partir da noção de exibir-se arquitetura como uma ferramenta em si e pelo entendimento de que exposições são instrumentos de produção de conhecimento; surgem como uma oportunidade para reafirmar a conexão entre teoria e prática e utilizar da experimentação descompromissada para questionar limites estabelecidos.

Com o objetivo de ir além dos moldes tradicionais, deixando a pura veneração dos objetos construídos para trás, a plataforma também almeja instigar uma discussão mais democrática através de eventos que possam explorar processos e ideias. duto neste momento assume um caráter nômade, acreditando que habitar espaços já existentes na cidade torna a experiência mais rica, além de possibilitar parcerias com projetos e iniciativas já consolidados. Transcendendo a ideia de espaço ideal de exposição, pretende desafiar usos estabelecidos e explorar as potencialidades de diversos locais na cidade, enquanto que digitalmente, quer democratizar o acesso a quem quer que se interesse pelo tema. Iniciamos essa jornada acreditando que expor, dialogar e provocar reflexões são uma poderosa forma de expandir as fronteiras da arquitetura.



english

Duto stands as an independent platform that pushes transformative forces in architecture through experimental exhibitions that take place between a website and itinerant events.

As it promotes and open space to gather architects, artists and other professionals outside institutions or the academy, duto aims to contribute to the debate’s expansion, stimulating the notion of architecture as a broad spectrum field that reaches and involves individuals of different practices. The platform intends to open an interdisciplinary debate that amplifies the way we understand architectural production as something related not only to architects.

Duto wishes to instigate new discussions; to enlighten concerns; to defy representation patterns; to contribute to the creation of new narratives; to establish connections between distinct areas. Essentially, it aspires to converge diffuse information into a referral location, so that existent and/or new content can be found and built collectively through a cohesive system.

The idea to create a space to discuss architecture is not new and duto comes from the discovery of a diversified international network that is in expansion since the 1970s but still doesn’t have a Brazilian representation. Whether inserting architecture into the expanded field of the arts, analyzing the discipline from its intersections with social problems, or articulating knowledge within a collaborative network, the initiative takes a first step towards filling this gap.

Its existence gains relevance through the notion of exhibiting architecture as a tool in itself, and through the understanding that exhibitions are knowledge production tools; they emerge as an opportunity to reaffirm the connection between theory and practice and to use uncompromising experimentation to question established boundaries.

Desiring to go beyond the traditional molds, leaving the pure veneration of built objects behind, the platform also proposes a more democratic discussion through events that explore ideas and processes. duto, at this moment, assumes a nomadic character, believing that inhabiting existing spaces throughout the city creates a richer experience, and enables partnerships with initiatives that are already solid. As it transcends the idea of an ideal exhibition space, it intends to challenge established uses and explore the potentialities of various places, while digitally wishes to democratize the access to anyone interested in the theme. We begin this journey believing that exposing, dialoguing, and provoking reflection is a powerful way to expand the boundaries of architecture.



concepção e
direção geral

olivia abrahão

produção executiva
francesca tedeschi

identidade visual
alles blau


info@duto.website